SAÚDE   |   Saúde de Sertãozinho sofrerá mudanças
04/12/2014 - 17:52:19

[Foto: Apresentação do Plano Anual de Saúde ocorreu na última terça-feira, 02, na Câmara Municipal / crédito: Paulo Ráo]

A rede municipal de saúde de Sertãozinho promoverá algumas mudanças nas próximas semanas e, evidentemente, essas alterações foram pensadas e organizadas visando o melhor atendimento ao usuário do SUS (Sistema Único de Saúde).

Essas mudanças foram detalhadas, na última terça-feira, 02, na Câmara Municipal, durante uma apresentação do Plano Anual de Saúde. A ação foi conduzida pelo prefeito Zezinho Gimenez e a secretária da pasta, Rita Rosana Montenegro. O encontro, transmitido pela TV Câmara, teve por objetivo esclarecer sobre a execução de metas estabelecidas nesse plano, bem como a organização da UPA, a inauguração da UBS Santa Rosa, a territorialização da Saúde e o encerramento das atividades do Laboratório Municipal, previsto para o dia 12 deste mês.

Confira abaixo, algumas orientações importantes sobre esses assuntos:

UPA – Trata-se de uma unidade 24 horas, com atendimento ininterrupto, onde serão estruturados todos os serviços, com infraestrutura necessária para atendimento de emergências médicas e pronto atendimentos, hoje realizados pelas Unidades Básicas de Saúde, desde febre alta e dor de cabeça até cólicas renais, suspeitas de AVC, infarto e paradas cardíacas.

Nesta estrutura, equipada com recursos humanos e equipamentos adequados, serão realizados raios X, exames laboratoriais, eletrocardiogramas, administração de medicamentos e, inclusive, pequenas suturas. Por outro lado, em alguns casos, o paciente poderá ser encaminhado à Santa Casa, nosso hospital de referência, somente quando for necessário.

“Atualmente, a Santa Casa dá respaldo ao pronto atendimento em sua Unidade de Emergência 24 horas. Porém, já sem condições devido à demanda, essa que será primeiramente direcionada à UPA. Na UPA, também contaremos com estrutura suficiente para observação feminina, masculina e infantil, bem como sala de estabilização para pacientes em estado mais grave. Dessa forma, pretende-se aprimorar o pronto atendimento e fortalecer a Atenção Básica, clínicas básicas (pediatria, ginecologia, clínica geral) aperfeiçoando o acolhimento, a orientação e escuta, o monitoramento e desenvolvimento de programas de proteção, e promoção de saúde”, comentou Rita.

Papel das Unidades de Saúde, após a inauguração da UPA - As Unidades de Saúde funcionarão das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira, para consultas agendadas das clínicas básicas, vacinação, desenvolvimento de programas de saúde e pré-natal, entre outras ações. Ainda não está definida a data de inauguração da UPA.

Trabalho dos laboratórios – “Com relação ao laboratório, considerando todos os esforços em compatibilizar custos, tecnologia e a deficiência estrutural, apesar de todo empenho da equipe atuante no local, o setor, responsável por considerável gama de exames e demanda de atendimentos crescente, terá suas atividades encerradas no dia 12 deste mês. A prestação de serviços será realizada a partir de 15 de dezembro, por laboratórios conveniados. Os atendimentos serão regionalizados de acordo com a territorialização”, explicou a secretária.

Assim, o paciente, ao sair da consulta, terá seus pedidos de exames carimbados na recepção, já com direcionamento para o laboratório que o mesmo deverá se dirigir, com endereço, tanto das sedes como de seus postos de coleta.

“Até que a UPA seja aberta, as unidades laboratoriais descritas estarão atendendo das 7h às 17h e, após esse horário, os pacientes serão encaminhados ao Laboratório Dr. Pacca. Acreditamos que o caminho que está sendo traçado venha a melhorar a gestão da Saúde do Município, sendo de fundamental importância a participação social dos servidores, dos legisladores e do Executivo, para que possa ser concretizado o planejado”, concluiu Rita.

(Assessoria de Comunicação da PMS)



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM