EMPREGO   |   APAMI está com vagas de trabalho abertas para o projeto “Área Azul”
28/11/2014 - 10:40:46

[Foto: Projeto “Área Azul”, da APAMI, tem vagas abertas para jovens a partir de 16 anos completos / CRÉDITO: ADILSON LOPEZ]

A Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI) está com vagas de trabalho abertas para o projeto “Área Azul”. A oportunidade é destinada aos jovens a partir de 16 anos completos, e oferece registro em carteira, além de ajuda de custo em cursos profissionalizantes e técnicos.

Segundo a supervisora da “Área Azul”, Jufábia Nunes Pereira, o projeto é uma oportunidade real para os jovens sertanezinos ingressarem no mercado de trabalho formal. “Para muitos jovens, pode ser a primeira oportunidade de trabalho, que pode representar um auxílio na renda familiar ou uma renda extra, para investimento nos estudos. Além disso, temos uma preocupação em capacitar esses jovens para o mercado de trabalho. Por isso, incentivamos a participação em cursos profissionalizantes e técnicos, subsidiando parte dos custos”, destaca.

Os interessados devem comparecer à APAMI munidos de RG, uma foto 3x4 e declaração escolar (é preciso estar matriculado no ensino regular ou no EJA – Educação de Jovens e Adultos). A APAMI está localizada à rua Sebastião Sampaio, 1.040 – Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3942-5158.

Saiba mais sobre o projeto “Área Azul”
Em Sertãozinho, o projeto “Área Azul” foi implantado através da Lei Municipal nº 3.121 de 22 de Março de 1996. O projeto tem como principal objetivo oferecer emprego aos adolescentes estudantes, entre 16 e 18 anos completos, através de uma jornada de 4h diárias de trabalho, com acompanhamento profissional. O projeto é mantido com a renda da venda dos cartões.

Os adolescentes da “Área Azul” também têm a oportunidade de participar do projeto “Capacitar para Oportunizar”, que oferece capacitação em cursos técnicos complementares, qualificando a pessoa para o mercado de trabalho, através de ajuda de custo nas mensalidades.

Para participar do projeto “Capacitar para Oportunizar”, os jovens que trabalham na “Área Azul” passam por uma avaliação, conforme alguns critérios estabelecidos, como assiduidade (sem faltas), quantidade mínima de atestado médico, disciplina e qualidade no trabalho quanto ao atendimento ao usuário, entre outros. Logo após essa avaliação, os cinco primeiros adolescentes recebem uma ajuda equivalente a 50% do valor da mensalidade do curso de sua escolha.



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM