SOCIAL   |   Beneficiários devem atualizar seus dados cadastrais do Bolsa Família até o dia 12 de dezembro
27/11/2014 - 17:17:33

[Foto: CRAS II, localizado no Jardim Alvorada, realizará a atualização dos dados de saúde nos dias 1º e 02 de dezembro, segunda e terça-feira próximas / CRÉDITO: ADILSON LOPEZ]

Cidadãos que não cumprirem com os compromissos nas áreas de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social podem ter seus benefícios suspensos


Um recado importante para os beneficiários do Programa “Bolsa Família”: de 1º a 12 de dezembro, as secretarias municipais de Saúde, Desenvolvimento Social e Cidadania, e Educação e Cultura, se mobilizarão para realizar a atualização cadastral dos cidadãos inscritos no benefício.

Segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, os cidadãos, que não estiverem em dia com os compromissos do programa, podem ter seus benefícios suspensos. “A avaliação do programa se dá em três frentes, sendo Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, as quais devem estar com seus dados em dia, para evitar a suspensão do benefício. Por isso, pedimos a todos os beneficiários que fiquem atentos às datas de atendimento nas regiões em que residem, pois o prazo não será prorrogado”, alerta a secretária da pasta, Janaína de Cássia Braga Mói Crosara.

Atualização dos dados de saúde
Devem participar do acompanhamento de saúde do Programa, mulheres de 14 a 44 anos, crianças até 7 anos (munidas do cartão de vacinação) e gestantes (portando o cartão de pré-natal). Em ambos os casos, o cartão do “Bolsa Família” deve ser apresentado.

A atualização será realizada em todos os Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) do município, sempre das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h.

Compromisso com o Cadastro Único
É importante lembrar que, o titular do benefício deve comparecer à Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, localizada à rua Sebastião Sampaio, 1685 – Centro, para atualização do Cadastro Único da Assistência Social (CADÚNICO) a cada 2 anos, ou antes deste período, quando houver alguma alteração como endereço, nascimento ou óbito na família, mudança da renda familiar, entre outras.

Compromisso com a Educação
Também é válido reforçar que, crianças e adolescentes de 6 a 15 anos devem ter frequência escolar mínima de 85%, e jovens de 15 a 17 anos, pelo menos 75% de frequência nas aulas. As faltas devem ser justificadas junto à escola.

(Assessoria de Comunicação PMS)



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM