PREVENÇÃO   |   Delegado federal Protógenes Queiroz realiza palestra em Sertãozinho
19/06/2014 - 11:32:12

Encontro será realizado no próximo dia 25, no auditório do Instituto Federal. Vagas são limitadas

Com a finalidade de conscientizar os cidadãos e orientar gestores públicos sobre o combate ao uso drogas, na próxima quarta-feira, dia 25, às 19h30, a Prefeitura de Sertãozinho, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e da Casa da Juventude, promoverá a palestra “Combate ao Crack e à Corrupção”, que será ministrada pelo delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz. A ação será realiza no auditório do Instituto Federal (IFSP), que também apoia o evento.

A palestra, que será realizada em função do Dia Internacional de Combate às Drogas, comemorado no dia 26 de junho, abordará vários temas relacionados ao grande problema social que representa a drogadição, tais como os tipos de drogas existentes, seus efeitos, como se prevenir e o tratamento adequado para cada caso. “Esse debate é de extrema importância, principalmente para aqueles que possuem algum familiar que esteja passando pelo processo de drogadição, pelo seu caráter esclarecedor e motivador. A palestra vai abordar um problema de saúde pública, a partir do ponto de vista de um profundo conhecedor da realidade brasileira, que é o delegado federal Protógenes Queiroz”, afirma a secretária municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, Janaína Mói Crosara.

É importante lembrar que, apesar de gratuita, as vagas para a palestra são limitadas. Portanto, quem tiver interesse em participar, deve realizar sua inscrição o quanto antes, através do telefone da Casa da Juventude: 3491-2998.

O auditório do IFSP está localizado à rua Américo Ambrósio, 269, no Jardim Canaã.

O palestrante
Protógenes Pinheiro Queiroz é formado em Direito e se especializou em Direito Privado, no ano de 1988, pela Universidade Federal Fluminense.

Já atuou como advogado e procurador-geral do município de São Gonçalo e, a partir de 1998, trabalhou como Delegado na Polícia Federal. Desde então, passou a participar de várias investigações de grande impacto na mídia, como, por exemplo, a Operação Shogun, as fraudes na arbitragem do Campeonato Brasileiro de 2005, o caso “Corinthians/MSI”, a Operação Satiagraha, entre outras.

(Assessoria de Comunicação PMS)



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM