EDUCAÇÃO   |   Burocracia deixa alunos sem uniforme em Sertãozinho
13/03/2014 - 11:24:48

[Foto: Elaine Cristina tem de recorrer a roupas “normais” para a filha Natalie, de 10 anos, porque uniformes antigos não servem mais ou estão velhos / crédito: Matheus Urenha]

Recursos em licitação causaram atraso na entrega dos 59,2 mil uniformes; peças só devem chegar no fim do 1º semestre


A burocracia na licitação deixou os 18.702 alunos da rede municipal de ensino de Sertãozinho sem uniformes. Segundo a prefeitura, os kits com as roupas só devem ser entregues no fim do primeiro semestre. No ano passado, as crianças também não tiveram novos uniformes, por causa de um período de contenção de despesas na prefeitura.

Segundo a assessoria de imprensa da administração, a licitação para a confecção das roupas foi iniciada em novembro de 2013. No entanto, duas empresas apresentaram contestações junto ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), o que teria atrasado o processo.

A decisão do TCE saiu no dia 15 de fevereiro e sugeriu duas alterações na licitação: o primeiro era relacionado com o valor estimado por peça; o segundo, que durante o processo, as análises das amostras de materiais deveriam ser feitas no mesmo dia e não separadamente, como descrito anteriormente.

Agora, os envelopes serão abertos no dia 19 deste mês e a empresa vencedora deverá entregar os uniformes em até 60 dias. O valor total da compra é de cerca de R$ 3 milhões.

Serão compradas 59,2 mil camisetas de mangas curtas, 12 mil camisetas sem manga, 12 mil bermudas, 17,8 mil jaquetas e 17,8 mil sacolas, que irão conter os kits.

Enquanto isso, as mães escolhem outras roupas para as crianças estudarem, já que em muitos casos elas ainda não têm uniformes, estão velhos ou não servem mais.

Roupas normais
É o caso da mãe de Natalie, 10 anos. “Tenho que colocar roupinha normal nela, porque o uniforme que ela tem não serve mais e, mesmo que servisse, já está gasto, amarelado. É uma situação ruim, porque são roupinhas que ela usaria no dia a dia ou para passear”, fala a dona de casa Elaine Cristina de Souza Gomes, 37 anos.

Os filhos de Alessandra Esbrólio, 30 anos, também precisam usar outras roupas. “O meu menino mais velho, de 10 anos, mudou de escola este ano, então não tem uniforme. A mais nova, de 6, também não tem porque está no 1º ano”, conta.

Rede municipal tem cerca de 18 mil alunos
Sertãozinho tem 26 Escolas Municipais de Ensino Infantil (EMEIs), somando 5.966 crianças e 17 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), com 12.736 alunos.

Cada aluno do ensino infantil deverá receber um kit com duas camisetas sem mangas, duas com mangas, duas bermudas e um agasalho. Já os kits das crianças do ensino fundamental serão compostos por quatro camisetas com mangas e um agasalho.

“Espero que chegue logo, porque meu filho só tem uma camiseta em condição de uso, então ele usa e tem que lavar todo dia”, fala a dona de casa Vanessa Cristina Ferreira Silva, 37 anos, mãe de Gabriel, oito anos.

As informações são do site A Cidade



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM