PLANTÃO POLICIAL   |   Jovem admite que acendeu rojão que matou cinegrafista
13/02/2014 - 19:00:48

O auxiliar de serviços gerais Caio Silva de Souza, 23 anos, suspeito de acender o rojão que matou o cinegrafista Santiago Ilídio de Andrade, 49 anos, foi preso por volta das 3h de ontem em uma pousada em Feira de Santana (119 km de Salvador), onde se registrara à tarde sem dar a identidade.

À TV Globo, que acompanhou a operação dos policiais que saíram do Rio para prendê-lo, Caio de Souza disse que ele e Fabio Raposo, manifestante preso desde sábado, acenderam o rojão que atingiu o cinegrafista.

À polícia, no entanto, Souza disse que só prestaria depoimento em juízo.

As informações são do site Agora SP



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM