POLÍTICA   |   Sem IPTU, prefeitura de São Paulo diz que vai cortar hospitais e creches
19/12/2013 - 05:53:18

O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou em recurso à Justiça que, sem o aumento de até 35% no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), terá de cortar gastos que serviriam para fazer leitos de hospitais, construção de corredores de ônibus e vagas em creches e obras de combate a enchente. A prefeitura prevê um aumento de receita de R$ 800 milhões com o reajuste do imposto.

Os argumentos foram usados em petição apresentada ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), que ontem disse que o caso tem de ser julgado pelo STF.

Sem o aumento da receita com o IPTU, o prefeito afirmou ao STJ que serão feitos os seguintes cortes: 200 novos leitos em hospitais, 20 km de novos corredores exclusivos, fechamento ou não abertura de cerca de 40 mil vagas de creches e redução de centenas de pontos de alagamento no programa de combate às enchentes.

As informações são do site Agora SP



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM