FAMOSOS   |   Luciano Huck toma conta de Sertãozinho
17/10/2013 - 06:43:36

[Foto: Adilson Lopes]

Apresentador concentra todas as atenções durante gravação de quadro para o 'Caldeirão do Huck', da Rede Globo

Mesmo debaixo de chuva, foi realizada nesta quarta-feira (16), em Sertãozinho, a gravação do “Lata Velha”, quadro do Programa “Caldeirão do Huck”, da Rede Globo. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 500 pessoas foram até o Estádio Municipal Frederico Dalmazo, o Fredericão, acompanhar a gravação e ver o apresentador Luciano Huck a poucos metros.

A intenção de muita gente era entregar cartas com pedidos ao apresentador – como o da dona de casa Miriam Mariano Souza César, 38 anos, que deseja encontrar os irmãos.

“Minha mãe teve 12 filhos e deu cada um para uma família criar. Só sei que nascemos no Paraná, não tenho nenhuma pista, mas acho que o Luciano pode me ajudar”, conta, cheia de esperança.

Outras pessoas foram apenas para ver o ídolo de perto e matar a curiosidade de como funciona uma gravação de programa de TV. “Eu acho o Luciano uma pessoa muito humilde, sou fã desde que ele começou. Nunca achei que poderia vê-lo de perto”, explica a dona de casa Lucineia Lopes da Silva, 33.

Até as fãs mirins foram conferir a gravação. “Minha filha não dormiu de tão ansiosa! Ela até deixa de me ajudar para assistir ao programa”, entrega Ana Paula Santos de Iscaion, mãe da Alice, de apenas 11 anos.

Pedidos para reformar casas eram constantes ao apresentador, mas Huck brincava a todo tempo: “Hoje é ‘Lata Velha’, gente, não é ‘Lar Doce Lar’ [quadro em que reforma casas]”.

Além de pegar cartas e presentes, Luciano também deu a chance de muita gente da arquibancada apresentar seus “dons musicais”.

Chuva e bola ao cesto para os carros finalistas
A gravação do “Lata Velha” teve início por volta de 9h e terminou perto do meio-dia. Luciano Huck chegou de van e já desceu do veículo interagindo com o público. No início da gravação, a chuva intensificou e apresentador precisou do auxílio de um guarda-chuva.

Dez carros estavam no campo para a seleção dos dois veículos que participam da final, no palco do “Caldeirão”, ainda sem data oficial. Apenas um deles terá sua lata velha reformada.

Arremessos de bola de basquete em uma cesta embutida no banco de uma lata velha decidiram os dois carros finalistas – por determinação da produção, os finalistas não serão revelados. Foi necessário um desempate, já que dois dos participantes demoraram a acertar a cesta.

As informações são do site A Cidade



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM