ESPORTE   |   Pênaltis perdidos por Ceni podem ter custado quatro pontos ao São Paulo
14/10/2013 - 08:38:24

[Foto: Ceni lamenta penalidade desperdiçada contra o Corinthians / crédito: Marcos Ribolli]

Tricolor poderia ter 38 pontos se o capitão tivesse convertido as três cobranças no Brasileirão, considerando os resultados finais das partidas

Na luta para fugir contra o rebaixamento no Brasileirão, o São Paulo poderia estar numa situação mais confortável na tabela se o goleiro Rogério Ceni tivesse convertido os três pênaltis perdidos na competição.

O capitão desperdiçou penalidades contra Portuguesa (derrota por 2 a 1, no dia 11 de agosto), Criciúma (revés pelo mesmo placar, no dia 5 de setembro) e Corinthians (empate sem gols, no último domingo) – ele também errou contra o Bayern de Munique, pela Copa Audi, no dia 31 de julho.

Em um cenário com 100% de aproveitamento do ídolo são-paulino nos três pênaltis e considerando os resultados finais das partidas, o Tricolor teria pelo menos quatro pontos a mais na competição. Ou seja, estaria com 38 pontos, na 10ª colocação. Hoje tem 34, na 15ª posição.

Apesar da sequência de pênaltis desperdiçados por Ceni, o técnico Muricy Ramalho recorda que só a cobrança diante do Corinthians foi sob o seu comando. De qualquer forma, ele promete conversar com o jogador sobre o assunto.

– Comigo foi o primeiro (pênalti). Então vou ter de pensar, olhar direitinho, ver com ele e conversar. Querem que eu pague uma conta que não é minha? É difícil falar do lado individual do atleta, não é legal. Embaixo da trave, ele está muito bem. O que precisa melhorar é nos pênaltis – disse Muricy.

Entre os lances desperdiçados por Ceni contra Portuguesa e Criciúma, o São Paulo viu Jadson perder cobrança diante do Flamengo, no empate sem gols do dia 18 de agosto, em Brasília. Na ocasião, o goleiro estava em campo, mas o meia se responsabilizou pela cobrança.

- É ruim. Fui com convicção, mas o Cássio foi bem e tocou com a pontinha da mão na bola. É uma pena, apareceu a oportunidade e a culpa é minha. A responsabilidade de executar a cobrança era minha. Não tive como retribuir aos meus companheiros tudo o que eles se entregaram em campo - lamentou Ceni.

Na briga contra o rebaixamento, o São Paulo volta a campo nesta quarta-feira, diante do Náutico, às 21h, no Morumbi.

As informações são do site Globo Esporte



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM