SAÚDE ANIMAL   |   Núcleo de Controle de Zoonoses inicia campanha de vacinação antirrábica
03/10/2013 - 16:03:17

[Foto: Agente do Núcleo de Controle de Zoonoses vacina animal em residência localizada no Alto da Semar / CRÉDITO: ADILSON LOPES]

A raiva animal é uma doença grave e de difícil cura, que pode ser repassada aos seres humanos pelos animais domésticos (cães e gatos), quando esses não estão com a vacinação em dia e acabam infectados pelo vírus da raiva, existente em alguns morcegos que se alimentam de sangue.

Sabendo da importância desse assunto, na última semana, a Prefeitura Municipal de Sertãozinho, através do Núcleo de Controle de Zoonoses, deu início à campanha de vacinação contra a raiva animal que deve vacinar, aproximadamente, 25 mil animais domésticos, entre cães e gatos.

A campanha atenderá todos os bairros da cidade, seguindo o modelo casa a casa, como é feito desde 1997, com a meta de visitar mais de 38.000 edificações no município, incluindo o Distrito de Cruz das Posses. Ao final da cobertura vacinal na zona urbana, serão visitadas as propriedades rurais e as colônias das usinas e destilarias que permitem a criação de animais domésticos.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Controle de Zoonoses, a médica veterinária Marília Rosa Rodrigues, os proprietários de gatos devem dar atenção especial à vacinação desses animais. “Os felinos, por seu instinto de caça, têm um contato maior com morcegos, que são potenciais transmissores do vírus rábico; por isso, os proprietários dessa espécie doméstica devem ficar atentos à vacinação anual contra a raiva”, alerta.

Segundo informações do Núcleo de Controle de Zoonoses, a campanha iniciou-se pelo Centro da cidade, sendo que os bairros previstos para atendimento já nos próximos dias são Jardim Soljumar, São João e São José, além do Alto da Semar, onde a vacinação começou essa semana, até a cobertura total do município, que deve se dar em cerca de 90 dias.

Quem aproveitou a campanha para vacinar seu cãozinho foi a dona de casa Eliana Pires dos Reis, que reside no Alto da Semar. “Acho ótima essa iniciativa da vacinação em casa. É uma oportunidade que não dá para perder e, no que vem, vou vacinar meu cachorro através da campanha novamente”, diz a moradora.

A vacina é fornecida e aplicada gratuitamente, utilizando um kit de material descartável, composto por agulha e seringa, para cada animal.

ORIENTAÇÕES IMPORTANTES
A vacina só deve ser aplicada em cães e gatos com mais de três meses de idade, sendo que animais em tratamento não devem recebê-la.

Fêmeas grávidas ou que estejam amamentando podem ser vacinadas, mas nesse caso, os proprietários devem procurar o Núcleo de Controle de Zoonoses para fazer uma outra dose, 30 dias após o término da lactação.

Animais que receberam vacina antirrábica há menos de 12 meses podem ser vacinados, sem qualquer prejuízo para a saúde; porém, aqueles que receberem a vacina pela primeira vez, devem receber a segunda dose após 30 ou 40 dias.

As residências que estiverem fechadas receberão um impresso com a informação de que a equipe passou pelo local e indicando que, caso o morador queira vacinar seu animal, deve procurar pelo Núcleo de Controle de Zoonoses, localizado à avenida Francisco Ferreira dos Reis, nº 890. “Lembramos que, o apoio da população é fundamental para o sucesso da campanha, recebendo bem os agentes vacinadores, que sempre se apresentam com identificação. Além disso, é importante destacar que manter o animal vacinado contra a raiva é uma obrigação legal do proprietário”, pontua Marília Rodrigues.

Outras informações sobre a Campanha de Vacinação Antirrábica podem ser obtidas através do telefone 3945-5369, de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

(Assessoria de Comunicação da PMS)



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM