.   |   'Tô p... da vida', desabafa Xuxa sobre a violência contra crianças
23/08/2013 - 14:57:43

Apresentadora escreveu um texto se posicionando contra o uso de castigos na educação em seu Facebook

A favor da educação positiva, Xuxa Meneghel, 50, usou o seu Facebook para fazer um desabafo sincero na sexta-feira, 23 de agosto. A apresentadora escreveu um texto após descobrir que a maior parte das pessoas é a favor da criança apanhar para aprender uma lição.

“Oi gente... Tô p.. da vida. Vocês sabiam que a maioria das pessoas é a favor da criança apanhar? Em nome da educação, do amor?”, escreveu no início do texto.

“Gostaria de dizer uma coisa: se educar batendo adianta alguma coisa, vamos pedir pra voltar a palmatória nas escolas, assim, em cada erro de português das nossas crianças, elas voltariam com suas mão em sangue... Que tal voltar também as chibatadas em tronco como na época dos escravos? Algum funcionário que chegasse atrasado no trabalho iria para o tronco para aprender?”, questionou a apresentadora.

Revoltada com a situação, Xuxa ainda ressaltou que os castigos não são uma boa alternativa pois podem gerar problemas futuros.

“Bater em uma criança que não pode se defender é tão cruel como bater em um bebê que acaba de nascer e que chora de frio ou fome. As crianças não aprendem com a dor , elas só sentem dor e medo, e aprendem que quando crescerem vão poder bater nos fracos, nos menores. Tô tão triste com tudo isso”, continuou.

Xuxa ainda pediu o apoio dos seus fãs. “Preciso de pessoas que acreditem que violência gera violência , preciso do apoio das pessoas que acreditam que amar e educar não combinam com a dor”, pediu.

Nos comentários, o texto gerou polêmica. Algumas pessoas defenderam o ponto de vista da apresentadora e outras alegaram que “palmadinhas” não faziam mal.

“As crianças são más e perversas, não vejo como um poço de doçura, uma palmada serve como lição sim em alguns casos. Não morri, nem odeio minha mãe, hoje agradeço a surra que levei por ter errado”, declarou uma seguidora.

“Bater só serve para descarregar a raiva dos pais. Não tem nada a ver com educação. Se educar sem bater não fosse possível, eu não conheceria gente maravilhosa que nunca levou uma palmada”, disse outra fã.



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM