SAÚDE   |   Em 15 minutos, massagem com óleo de argan detona celulite
23/08/2013 - 14:24:36

A celulite é uma das reclamações mais comuns entre o público feminino, por isso as armas usadas para combatê-la estão cada vez mais bem desenvolvidas e eficientes para oferecer, sobretudo, praticidade e resultados rápidos. Um exemplo disso é a endermologia, tratamento de apenas 15 minutos que usa o famoso óleo de argan em poderosas manobras de massagem para dar fim aos temíveis furinhos.

Com uma simplicidade peculiar, o aparelho é composto, apenas, por rolos e ventosas que, ao deslizarem sobre a pele melhoram a circulação e eliminam as toxinas do organismo. “Devido à criação do vácuo e à ação do óleo de argan, a máquina cria uma compressão negativa sobre a região tratada que, somada aos movimentos ascendentes, aumenta a circulação e proporciona a quebra de gordura, eliminando a celulite e também modelando o corpo”, explica Mariana Mizael, responsável técnica da Estética Serafina, de São Paulo.

Apesar de seu pouco tempo de ação, o método age, inclusive, sobre o sistema linfático, drenando líquidos e estimulando o colágeno a produzir novos fibroblastos, elementos responsáveis pela sustentação e firmeza da cútis. Embora nenhum processo estético seja definitivo, a endermologia garante resultado duradouro em graus bem mais leves de incômodo.

A manutenção dos efeitos do tratamento depende da forma que a pessoa mantém e cuida de seu corpo - alimentação desregrada, sedentarismo e tratamentos de reposição hormonal tornam a eliminação da celulite mais difícil - e da combinação de outras terapias que fazem uso do ultrassom e até mesmo por outros tipos de massagens. A indicação da técnica a ser seguida, entretanto, dependerá da avaliação de um especialista e do objetivo da paciente.

OUTROS BENEFÍCIOS
Ideal para as áreas que mais sofrem com a celulite, como a dos flancos, costas, glúteos e pernas, o tratamento, além de exterminar os indesejáveis buraquinhos, auxilia na eliminação de células mortas da pele, hidratando-a e devolvendo o seu brilho natural.

O processo não causa dor, mas pode gerar certo desconforto durante as sessões, além de hematomas decorrentes da massagem profunda. Para obter o efeito esperado, são necessárias, em média, dez sessões do procedimento, que podem ser realizadas até duas vezes por semana e custam cerca de R$ 80 cada.

Apesar de não ser invasiva, a endermologia é contraindicada para quem apresenta flacidez na região tratada, possui vasinhos ou tem propensão a desenvolvê-los. Em ambos os casos, a força exercida sobre a derme pode agravar o problema.



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM