POLÍTICA   |   Governo Dilma quer evitar polêmica com evangélicos
15/04/2013 - 08:37:31

A presidente Dilma Rousseff pretende manter intocadas as legislações sobre aborto e casamento gay, como prometeu em 2010.

Mas o governo também não quer se vincular à pauta dos evangélicos, que considera conservadora.

No Planalto, a tônica na relação com as denominações pentecostais e neopentecostais é uma só: manter uma "união estável".

Dilma mandou sua equipe tomar distância da polêmica em torno do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP).

Críticas, se forem inevitáveis, devem ser feitas ao deputado e pastor, jamais aos evangélicos.

Durante os dois primeiros anos de governo Dilma, a relação do Planalto com as igrejas evangélicas e católica tem sido distante.

O diálogo é melhor com as denominações protestantes tradicionais, como luterana, metodista e presbiteriana.

As informações são do site Agora SP.



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM