ESPORTE   |   Continuidade da Copa Prefeito divide opiniões
30/01/2013 - 09:59:30

Foto: XV de Novembro conquista a Copa Prefeito de 2012
(crédito: Luciano André)

A idéia de alguns esportistas de extinguir a Copa Prefeito para prolongar a competição do Amador divide opiniões. Para eles, a Copinha não tem o mesmo prestígio, isto é, poucos mostram interesse pela a competição. Uma das justificas é a tarefa para passar da fase de grupos. Os clubes considerados pequenos são eliminados precocemente no Amador.

No ano passado, a primeira fase da 3ª Divisão contou somente com 6 rodadas. A equipe do Nova Geração, por exemplo, jogou três partidas e foi desclassificada. Sem sucesso, os meninos não tiveram opção e buscaram no futebol de salão o lazer aos finais de semana.

Em outubro de 2012, o Caderno de Esportes destacou nomes de clubes que foram prejudicados por causa da ausência de atletas


na Copa Prefeito.

O São João, um dos mais visados, não disputou a Copinha com o mesmo elenco campeão do Amador. Ceará, volante do Colorado, assumiu a Comissão Técnica. Desclassificado, voltou em campo defendendo as cores do XV de Novembro. Além de campeão, Ceará foi eleito o craque do torneio.

Dá a continuidade ou não a Copa Prefeito ainda causa discussões. Um torneio em longo prazo, como pontos corridos, é o que mais agrada porque todos têm o mesmo número de partidas. Os que defendem a realização de dois torneios relatam a chance de poder conquistar pelo menos um no ano. Uma coisa é certa: quem decide são os clubes.



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM