CIDADE   |   Lagoa transborda e peixes invadem casas em Sertãozinho
18/01/2013 - 16:10:55

Foto 01: Família de Maria mostra peixes recolhidos nas casas inundadas em Sertãozinho
(crédito: César Tadeu/EPTV)

Foto 02: Além de asfalto e terra, a estrada municipal Eduardo Tonielo agora tem água e muito peixe
(crédito: Matheus Urenha)


Tubulação que deveria escoar a água do lago após chuvas está desativada. Moradores precisaram quebrar parte das paredes para limpar residências

Os moradores do bairro Recreio dos Pampas, em Sertãozinho, estão vivendo uma situação inusitada há pelo menos uma semana. Por causa da grande quantidade de chuvas, a Lagoa dos Cavalos, localizada próximo ao local, transbordou e levou água e peixes para dentro das casas.

A dona de casa Maria Luisa da Silva contou que duas geladeiras foram estragadas por causa das inundações. Além disso, a varanda e a sala da casa também foram tomadas pelos peixes mortos. Para resolver o problema, o marido precisou quebrar parte de uma parede para que a água pudesse escoar.

"A gente levanta com o pé na água, recolhendo os peixes. Nós procuramos a Prefeitura e eles disseram que tomariam providências, mas por enquanto não vieram. Então estamos fazendo esse furo", afirmou.

Vizinha de Maria, a dona de casa Luzia Aparecida Delfino, enfrenta o mesmo problema e também precisou quebrar um pedaço da parede para tirar a água e os peixes do imóvel. "Entra água com barro até a altura da canela todo dia quando chove."

Luzia disse que os alagamentos estão sendo provocados pelo fechamento de um cano que passa por baixo da Estrada Municipal Eduardo Toniello, responsável por escoar a água da Lagoa. "Agora, até a estrada também está coberta pela água. Como é uma região de chácaras, virou uma lama só", reclamou.

Outro lado
A Secretaria de Obras de Sertãozinho informou que a tubulação para levar a água da lagoa até um córrego foi construída, mas depende de licenciamento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) para funcionar.

Em nota, a Cetesb justificou que a implantação do loteamento descaracterizou o curso natural do córrego. Por isso, foi exigido que o projeto do condomínio fosse refeito, mas nenhuma atitude por parte da administração municipal foi tomada. Entretanto, uma equipe será enviada ao local para tentar encontrar uma solução que amenize o problema.

As informações são do site G1



 
 
 
Todos os direitos reservados a Comunitária FM